13 de Julho 18:00 | Tu, só tu, puro Amor

Ciclo das Artes Plásticas

 

18:00 – Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, Sala de São Pedro

Inauguração e Cerimónia de Abertura do Festival

Marcações e Reservas:
239 247 280 / reservas@uc.pt

Até 23 de Julho

De 2.ª Feira a Sábado, das 10:00 às 17:00

 

Cartaz da exposição Tu, Só Tu, Puro Amor

 

“Tu, só tu, puro Amor”

Exposição iconográfica e bibliográfica

 

Visões camonianas de Inês de Castro

 

O episódio referente à morte de Inês de Castro ocupa 144 versos do canto III de Os Lusíadas (ests 118-135) e faz parte da história de Portugal contada por Vasco da Gama ao Rei de Melinde.
Embora outros autores tivessem já tratado do acontecimento, é em Camões que ele vai alcançar maior ressonância, convertendo-se num dos temas portugueses mais conhecidos nos planos nacional e internacional.
A natureza trágica do episódio e a intensa visualidade da descrição camoniana estimularam, desde cedo, o gosto e o talento de vários ilustradores.
Na presente Exposição mostram-se algumas das gravuras que existem em várias edições de Os Lusíadas, desde o século XVII até ao século XX.

 

Exposição produzida pela Equipa do Livro Antigo da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra