15 Julho / 22 Julho 11:00 | O amor materno do Oriente a Ocidente

Ciclo das Artes Plásticas

 

11:00 – Museu Nacional de Machado de Castro

3.as Feiras, das 14:00 às 18:00; De 4.ª Feira a Domingo, das 10:00 às 18:00; Encerra às 2.as feiras e Feriados
Lotação Limitada — Entrada Livre

 

Virgem da Ternura

O amor materno do Oriente a Ocidente

 

Percurso comentado pelo Prof. Eduardo Sá | 15 de julho de 2018
Percurso comentado pela Profª. Manuela Grazina | 22 de julho de 2018

 

O tema da Virgem e do Menino foi tão popular na Europa Oriental como na Ocidental durante a Idade Média.
A iconografia que melhor testemunha a dimensão afetiva e emocional da relação, quase humana, entre a Virgem e o Filho é a da ‘Virgem de Ternura’ que, representada originalmente por artistas bizantinos até ao séc. XV e multiplicada pelos ícones russos, influenciou repetidamente artistas ocidentais.
O Amor Materno de Oriente a Ocidente é o tema para um percurso comentado, a dois tempos, por algumas obras emblemáticas do MNMC, de artistas flamengos, franceses e portugueses e por ‘Tesouros Partilhados’ | Ícones Russos do MNGV, que o museu acolhe temporariamente.

 
 

BIOGRAFIAS

 

Eduardo Sá

 

Eduardo Sá
Psicólogo Clínico e Psicanalista.
Professor da Universidade de Coimbra e do ISPA.
Director Clínico da CLÍNICA BEBÉS E CRESCIDOS (www.bebesecrescidos.com), da Consulta Universitária da Criança e do Adolescente e do BABYLAB (Laboratório de Psicologia do Bebé) da Universidade de Coimbra. Autor de artigos e de livros científicos na área da psicanálise e da psicossomática. Autor de livros de divulgação no âmbito da saúde familiar e da educação parental. Colabora, actualmente, na Antena 1 e na Revista PAIS.
Criou e gere a plataforma eduardosa.com.

 

Manuela Grazina

 

Manuela Grazina
Manuela Grazina é especializada em Genética Bioquímica, Genética Humana, Neurociências, Farmacogenómica e Bigenómica. Tem como focos de Investigação o estudo de um grupo de doenças raras, as citopatias mitocondriais (“avarias da fábrica da energia celular”) e de doenças neuropsiquiátricas, particularmente dor e toxicodependências.
Doutorada em Ciências Biomédicas, na área de Genética Bioquímica, é Docente na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC) desde 1997, colaborando com outras Universidades.
É investigadora do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (CNC), desde 1992
É a Responsável do Laboratório de Bioquímica Genética (no CNC / FMUC), que fundou, desde Março de 1995.
É autora e co-autora de diversas publicações, bem como de mais de 500 comunicações científicas.
Tem ministrado ações de formação e proferido palestras/seminários no âmbito da Comunicação de Ciência, sobretudo na área das neurociências e relacionadas com o funcionamento do cérebro, dependências, bem-estar, motivação, aprendizagem e felicidade.