Sandra Medeiros e Francisco Sassetti

19 de Julho 21:00 | Árias de Ópera

Ciclo da Música

 

21:00 – Anfiteatro Colina de Camões
Custo: € 16

 

“Desamor e Drama”

Árias de Ópera

 

Sandra Medeiros, soprano
Francisco Sassetti, piano

 
 

W. A. Mozart (1756-1791)
Idomeneo: Zeffiretti lusinghieri, Idol mio se ritroso, Tutto nel cor vi sento

 

Henry Purcell (1659-1695)
Dido & Aeneas: Thy hand Belinda…When I am laid in earth

 

George Frideric Händel (1685-1759)
Semele: Endless pleasure

 

Christoph Willibald V. Gluck (1714-1787)
Orfeo et Euridice: Mais d’ou vient qu’il persiste…Fortune ennemie

 

Giacomo Puccini (1858-1924)
Turandot: Signor ascolta
Gianni Schicchi: O mio Babbino caro
La Bohème: Quando m’en vo soletta

 

Jerónimo Francisco De Lima (1743-1822)
Teseo: Rabia, furor, dispetto…Dal furor dall’odio accesa

 
 

NOTAS AO PROGRAMA

 

Sandra Medeiros e Francisco Sassetti iniciaram colaboração em 2003. Desde então têm realizado diversos recitais em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente no Museu Gulbenkian; Palácio Foz; Centro Cultural de Belém; Fundação Portuguesa das Comunicações; Instituto Francês de Portugal; Teatro Faialense, Auditório Municipal de Velas em São Jorge e Igreja do Igreja do Colégio em São Miguel (Açores); integrados nos Ciclos de Concertos Musicando (Montemor e Estremoz), Música nos Claustros e Música no Inverno (Évora) e no Teatro Sociedad Unión (San Carlos/Uruguai).

O duo dispõe de um vasto repertório com grande variedade de estilos e línguas que vai do séc. XVI aos nossos dias, contando já com mais de uma dezena de programas de recital, alguns dos quais gravados pela Antena 2 da RTP. O duo dedica especial atenção à divulgação do repertório português, desde o período Barroco até ao Contemporâneo, tendo inclusivamente apresentado primeiras audições absolutas, algumas das quais dedicadas ao duo.

 
 

Música brilhantemente interpretada pela soprano Sandra Medeiros, acompanhada ao piano por um competente Francisco Sassetti (…) O timbre desta ágil e muito expressiva soprano assenta maravilhosamente no repertório escolhido e brilha particularmente (…) no texto italiano. (…) Sandra Medeiros (…) leva cada peça até ao fim de forma coerente e investida, começando na respiração antes da primeira nota ouvida.
Glosas, Novembro 2015 (Helena Lopes Braga)

 

Sandra canta maravilhosamente para além de uma presença em palco a todos os títulos graciosa. Francisco, apesar de muito jovem, é um músico de rara sensibilidade e delicadeza de toque nas nuances mais difíceis que um teclado de piano pode permitir (…)
Festas Açorianas, Uruguai, 2007

 
 

BIOGRAFIA

 

Sandra Medeiros
Natural de São Miguel, nos Açores, a soprano Sandra Medeiro estudou no Conservatório Regional de Ponta Delgada e é licenciada em Canto pela Escola Superior de Música de Lisboa. Como bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian e Centro Nacional de Cultura, prosseguiu estudos de pós-graduação em canto na Royal Academy of Music (RAM) em Londres, onde se graduou com “Distinção”, obteve o Diploma RAM e o prémio Amanda von Lob memorial Prize.
Foi premiada em concursos nacionais e internacionais de canto e gravou para rádios televisões europeias e brasileiras, gravando também para as editoras Naxos e Hyperion. A sua atividade como solista distribui-se pela música antiga, oratório, lied, melodie, canção do séc.XX/XXI e ópera, tendo actuado sob a direcção de ilustres maestros. A música contemporânea portuguesa tem tido um papel de destaque na sua carreira, tendo feito a estreia absoluta de obras de diversos compositores portugueses. É convidada regular das temporadas dos principais teatros, salas de concerto e festivais de música portugueses. Tem-se apresentado, também, em importantes salas, teatros e festivais de música do Reino Unido, Alemanha, Espanha, França, Luxemburgo, Macau, Bulgária, Brasil e Uruguai. Paralelamente à sua atividade artística, tem vindo a desenvolver atividade pedagógica. É regularmente convidada para realizar workshops sobre técnica e saúde vocal, masterclasses de canto e ser jurada em concursos de canto em Portugal. Presentemente, integra o corpo docente do Conservatório Regional de Évora – Eborae Musica, como professora da classe de canto.

 

Francisco Sassetti
Natural de Lisboa, iniciou os seus estudos musicais com Maria Fernanda Costa. Concluíu o Curso Geral de Piano do Conservatório Nacional de Lisboa e a Escola Superior de Música de Lisboa, na classe da pianista Tânia Achot. Ingressou no College Conservatory of Music da Universidade de Cincinnatti (EUA) onde obteve, em 1995, o Mestrado em Piano Performance na classe de Eugene Pridonoff. Realizou ainda estudos com Olga Prats, Marie Antoinette Levécque de Freitas Branco, Franck Weinstock, Sequeira Costa, Dmitri Papemo e Olivier Jacquon. Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian e da Universidade de Cincinnatti. Foi ainda premiado no 1º Concurso da Juventude musical Portuguesa (1988). Iniciou a carreira de concertista no Teatro de S.Luiz em Lisboa, em 1988, e desde então tem-se apresentado a solo ou integrado em grupos de música de câmara por todo o país e ainda em Espanha, Alemanha, França, Bélgica, E.U.A. e Uruguai. Nos últimos anos tem trabalhado com alguns dos melhores cantores nacionais. Gravou já por diversas vezes para a Antena 2, com a cantora alemã Ute Lemper para o filme francês “Aurelien” e ainda diversos CD. Trabalhou com os maestros João Paulo Santos, Paulo Lourenço, Jorge Alves, José Robert, António Lourenço e Vasco Azevedo. Na qualidade de músico/actor trabalhou ainda sob a direcção dos encenadores Paulo Matos, Paulo Lages e João de Melo Alvim. É actualmente pianista acompanhador na Escola Superior de Música de Lisboa e nas escolas de música da Orquestra Metropolitana de Lisboa.